Devolveu quase meio milhão ao executivo e sugeriu que beneficiasse Ong’s

Ex-presidente do legislativo de Fraiburgo, vereador Adelar Ribeiro da Silva (Lale) devolveu em sua gestão quase meio milhão de reais ao executivo no final de 2018

 

Em uma entrevista dada ao Jornal Opinião Total, o Ex-presidente da Câmara Legislativa de Fraiburgo, Adelar Ribeiro da Silva falou do esforço pessoal para conseguir economizar quase meio milhão de reais, das sobras do duodécimo a qual devolveu ao poder executivo no final do seu mandato.   Não satisfeito apenas em economizar e devolver, o vereador no uso de suas atribuições fez na 41ª sessão ordinária (2018) elaborou uma indicação para que as sobras do duodécimo fossem destinadas para algumas entidades sem fins lucrativos.

A indicação 135/2018 que foi aprovada por unanimidade em votação única.   Segundo o autor da indicação, a economia dos valores é de 453.000,00 (Quatrocentos e cinquenta e três mil reais) e foi alcançada com a colaboração de todos os vereadores/a, os quais auxiliam a mesa diretora e servidores.    Ainda de acordo com Adelar, é importante esclarecer que a devolução por parte do legislativo municipal é voluntária, uma vez que os recursos a serem devolvidos poderiam ser gastos em investimentos, melhorias e benfeitorias necessárias para o Poder Legislativo Municipal.

Na indicação o legislador municipal, sugere a chefe do poder executivo que os recursos economizados do duodécimo, sejam destinados em forma de convênios e termo de fomentos a entidades sem fins lucrativos que prestam trabalhos na área cultura, social e esportiva.   Entre outras instituições o vereador sugere que sejam beneficiadas: a Associação Hayashi-há Vital Fraiburgo de Karatê-dô; Apafec (Associação Paulo Freire de Educação e Cultura Popular); APAE; CDV, Afoamo e Capoeira, etc.,

Você sabe o que é o duodécimo?

O duodécimo é a repartição em doze do valor a ser repassado à Câmara Municipal durante todo o ano (exercício financeiro 01 de janeiro a 31 de dezembro). O percentual a ser repassado em municípios com até 100 mil habitantes corresponde a 7% da receita líquida. Assim, a Câmara Municipal recebe cada mês 1/12 (um doze avos) do total previsto. Com a economia realizada, devolveremos ao município o máximo possível.

Categories: Destaques,Política

Tags: ,,,